Espetáculos

VI Turma de Formação em Euritmia Artística (FEART)

Do Cosmos, entreaberto

Fulgura o homem

Inteiro

Imenso

Insólito

Na majestosa hipótese

De entrar no gesto das estrelas

Na minúscula chama interna

que arde intensa

Surge a possibilidade

de seguir o rastro do cometa

ou de permanecer imóvel no universo

Do momento, no Todo

Acende a vontade

Impulsiva

Instrutiva

Incerta

Entre tantos raios de luz

A sorte de receber o presente

o instante

De estar atento

mesmo que de esguio

Manifesta o espírito

Consola a alma

Transforma a infinitude em Ser

(Luci Rodrigues)

 

“Do Cosmos, Entreaberto” é um espetáculo de formatura da VI Turma de Formação em Euritmia Artística (FEART) do Brasil que marcou o início de uma nova fase para a Euritmia no Brasil após 16 anos sem novos formandos.

A turma composta por 15 mulheres, vindas de várias partes do estado de São Paulo e do Nordeste, superou inúmeros obstáculos durante seus quatro anos da Formação Básica. De 2020 a 2022, as alunas e professores superaram o difícil período da Pandemia sem desistir, lidaram com a falta de recursos, além do enorme desafio de conceber um espetáculo artístico completo nos dias atuais.

 

O espetáculo, criado durante a Pandemia da Covid-19, teve como inspiração o sentimento de prisão e de privação da liberdade, o que tornou premente a busca por um novo futuro, um novo sentido. Este sentimento de liberdade foi traduzido na escolha de um repertório de músicas e poesias, que interpretados com os gestos da Euritmia, trazem sentimentos de sublime beleza e a delicadeza, e onde se faz presente a força dessas mulheres corajosas, ao mesmo tempo em que enaltecem a leveza do feminino. 

O espetáculo tem em seu programa músicas de Heitor Villa-Lobos, Cláudio Santoro, Beethoven, poesias de Rudolf Steiner, Novalis, Guimarães Rosa, Ruth Guimarães, Cecília Meirelles, Thiago de Mello entre outros.

 

As formandas saíram em turnê entre maio e junho de 2022 e realizaram mais de dezoito apresentações nas cidades de São Paulo, Campinas, Ribeirão Preto e Botucatu. Aconteceram também apresentações com bate-papo aberto na Sociedade Antroposófica de São Paulo para os alunos das escolas Waldorf  Ipê Amerelo, Waldorf Francisco de Assis e Escola Waldorf São Paulo, bem como para as ONGs Parsival, Casa Do Todos, Alquimia e Pequeno Príncipe.

As apresentações culminaram na Semana de Euritmia (19 a 24 de junho de 2022) que aconteceu na Sociedade Antroposófica de São Paulo, no Espaço Cultural Rudolf Steiner. Uma grande festa que reuniu apresentações de Euritmia nacionais e internacionais, palestras, bem como contou com a participação de Stefan Hasler (diretor da Seção de Artes Oratórias e Musicais do Goethaenum), que veio especialmente de Dornach (Suíça) para ministrar um curso para as formandas e entragar os diplomas!

 

A VI Turma de formandas também inovou no formato e plataforma de difusão. A partir das apresentações de palco, foi produzido um vídeo de uma hora. Essa versão virtual do espetáculo foi exibida ao longo do 2º semestre de 2022 em 11 transmissões fechadas pelo canal do YouTube da ABRE.

Para saber mais detalhes sobre o espetáculo, sua criação, trajetória e programa, acesse o link